Dicas de Passeios e Roteiros voltar
*Luis Carlos Negri
02/03/2011 - Monte Alegre do Sul:
Estância Hidromineral
O roteiro de viagem para as Estâncias Hidrominerais, por si só é um passeio de beleza impar. Andar nas entranhas do fim da Serra da Mantiqueira é alguma coisa de um misto de divino com uma viagem ao túnel do tempo.

O céu parece fazer parte da paisagem que você vai andar, a sensação de estar voando, algumas vezes nos tira da realidade, muito cuidado se é você que está dirigindo, eu já sai da estrada algumas vezes.  A beleza da paisagem faz parte de um cenário que nossos antepassados viveram e deixaram como legado, o direito a essa visita.


Ao entrar em Monte Alegre, parece que a população se escondeu depois do almoço então! Ruas sinuosas vão cortando a pequena cidade que conta com uma população de não mais de 7000 habitantes, a maioria deles pequenos agricultores. Chegando a Praça do Senhor Bom Jesus, o tempo parece ter parado, casarões antigos, muito bem restaurados fazem a moldura da Igreja Matriz.

A parte central da cidade é lugar perfeito para passeios como os de antigamente em praças públicas. Se você está em busca de baladas e agitações, volte para as grandes cidades. Aqui é lugar para caminhadas em estradas de terra, ouvir o barulho dos pássaros, riachos que cortam o caminho e cachoeiras.


Se quiser agitação, venha no mês de agosto, época da Festa do Morango, nessa época a população dobra e você poderá saborear delícias feitas com a fruta cultivada na região e fez da cidade um atrativo turístico.

Apesar de ser nessa época também o festival da cachaça, você poderá provar dessa bebida o ano todo em seus cinquenta alambiques, onde poderá comprar a melhor cachaça destilada em pequenas propriedades e vinhos de mesa, feito das melhores uvas e habilidades do povo de Monte Alegre do Sul.


Uma das dificuldades aparente na pacata Monte Alegre, é a falta de restaurantes, principalmente para quem procura variedades. Isso pode ser resolvido com os restaurantes dos hotéis–fazendas. Mesmo que você não seja hóspede, alguns permitem que você faça suas refeições, verdadeiros almoços de fazenda, aproveite para relembrar da casa da vovó e pergunte por frutas de época. Em um almoço que fiz por lá, me ofereceram jabuticaba, apesar de minha casa ter três pés dessa fruta, o tamanho delas era de encher os olhos e dar água na boca, as geléias de morango e outras frutas produzidas na região, além de verdadeiras iguarias, são ótimos presentes.

Antes de voltar para sua casa, pare na casa de doces que fica logo depois da ponte na saída da cidade, lugar administrado pela mesma família há anos, mas cuidado para não querer comer de tudo ali mesmo, leve para casa e vá saboreando sempre que sentir saudades da pequena cidade de Monte Alegre do Sul.




Lugares obrigatórios para se visitar na cidade:

• O Balneário - Balneário de Monte Alegre do Sul
Praça Dr. Rinaldo de Godói Borgiani, s/n
Fone: (019) 3899-1911 / 3899-1912

• As cachoeiras:
Falcão (com quedas de aproximadamente dez metros)
Cachoeira das Mostardas (5 metros)
Outras que os moradores poderão indicar
• Estação Experimental
• Mirantes
• Cinquenta Alambiques
• Plantações de Morango.

***Monte Alegre do Sul fica a 145 kms de São Paulo, suas estradas são sinuosas, se vier dirigindo, venha com calma, nos fins de semana e feriados o transito costuma ser intenso, se beber não dirija.

Texto e fotos de Luis Carlos Menezes Negri, autorizada a divulgação pelo site www.cidadespaulistas.com.br e associados