HOME | Principais Cidades de São Paulo | Regiões e Cidades | Turismo e Cultura | Mapas Temáticos | Artigos | Mapa do Site
 
 

São Carlos: A capital da tecnologia

 
 
Para saber mais sobre a cidade
e outras conveniências:
Distância da capital: 231 km
A cidade
Números
Como chegar
Distância entre as cidade da região
Mapas Temáticos - Índice
     
São Carlos situa-se na região central do Estado, a 231 km da capital.

As Rodovias Washington Luiz SP-310, SP-215, SP-225 e SP-318/255 dão acesso ao município. O transporte ferroviário de cargas é realizado pela Ferroban. O Porto de Santos fica a 320 km de distância de São Carlos, que conta, ainda, com um aeroporto local, além de outros três em municípios próximos, como o de Araraquara, a 40 km, o de Ribeirão Preto, a 80 km, e o Aeroporto Internacional de Viracopos, a 105 km. Há também um heliporto pertencente à empresa Tecumseh e outro à TAM Linhas Aéreas.

É um dos citygates do Gasoduto Bolívia-Brasil, incluído entre os municípios da primeira rede de distribuição de gás natural. Além disso, é servido pela rede de fibra óptica que atravessa todo o território paulista.

São Carlos destaca-se pelas pesquisas conduzidas por sua forte área acadêmica, que possibilitam parcerias com o setor privado para transferência de conhecimento científico. São dezenas de empresas de base tecnológica, atuando nas áreas de automação, informática e tecnologia da informação, instrumentação eletrônica, mecânica de precisão, química fina, ótica e novos materiais.



O município dispõe de um importante Centro Empresarial de Alta Tecnologia/Distrito Industrial Dr. Emílio Fehr – CEAT/DI, no entroncamento entre a SP-318 e a Rodovia Ribeirão Bonito–Descalvado, compreendendo uma área de mais de um milhão de metros quadrados, dividida em 184 lotes, sendo que 80 deles ocupados por 37 empresas. Há também o Distrito Industrial Miguel Abdelnur, localizado em área que pertenceu à Johann Faber, com mais de 363 mil m2.

Com uma população de 213,3 mil habitantes, São Carlos situa-se na região central do Estado, a 230 km da capital.

As Rodovias Washington Luiz SP-310, SP-215, SP-225 e SP-318/255 dão acesso ao município. O transporte ferroviário de cargas é realizado pela Ferroban. O Porto de Santos fica a 320 km de distância de São Carlos, que conta, ainda, com um aeroporto local, além de outros três em municípios próximos, como o de Araraquara, a 40 km, o de Ribeirão Preto, a 80 km, e o Aeroporto Internacional de Viracopos, a 105 km. Há também um heliporto pertencente à empresa Tecumseh e outro à TAM Linhas Aéreas.

É um dos citygates do Gasoduto Bolívia-Brasil, incluído entre os municípios da primeira rede de distribuição de gás natural. Além disso, é servido pela rede de fibra óptica que atravessa todo o território paulista.

São Carlos destaca-se pelas pesquisas conduzidas por sua forte área acadêmica, que possibilitam parcerias com o setor privado para transferência de conhecimento científico. São dezenas de empresas de base tecnológica, atuando nas áreas de automação, informática e tecnologia da informação, instrumentação eletrônica, mecânica de precisão, química fina, ótica e novos materiais.

O município dispõe de um importante Centro Empresarial de Alta Tecnologia/Distrito Industrial Dr. Emílio Fehr – CEAT/DI, no entroncamento entre a SP-318 e a Rodovia Ribeirão Bonito–Descalvado, compreendendo uma área de mais de um milhão de metros quadrados, dividida em 184 lotes, sendo que 80 deles ocupados por 37 empresas. Há também o Distrito Industrial Miguel Abdelnur, localizado em área que pertenceu à Johann Faber, com mais de 363 mil m2.



São Carlos possui vocação industrial, apesar da diversidade da economia local, formada por empresas de portes e perfis tecnológicos diferentes. Além das indústrias mais conhecidas, como Electrolux, Faber-Castell, Latina, Tapetes São Carlos, Tecumseh, Toalhas São Carlos e Volkswagen, uma nova cadeia produtiva no setor aeronáutico passa a marcar presença na cidade, graças à vinda da Embraer e da TAM Linhas Aéreas para a região, gerando maior adensamento das atuais cadeias produtivas. Em Gavião Peixoto, antigo distrito de Araraquara, foi construída pela Embraer uma pista para testes de vôo, de padrão internacional e a primeira do gênero na América Latina, além de uma nova fábrica, para montagem de aeronaves militares e aviação corporativa. Em 2001, a TAM inaugurou, em São Carlos, um novo Centro Tecnológico, para realizar a manutenção das aeronaves da própria empresa e, mais tarde, a de outras companhias da América Latina.

As principais empresas vinculam-se aos seguintes setores: agropecuária (A D’Oro Alimentícia, Pecuária Damha); alimentos e bebidas (Potreiro Agro-Pecuária, Ometto, Pavan Açúcar e Álcool); têxtil (Tapetes São Carlos, Tecelagem São Carlos); madeira (Irpa, Matra); papel e celulose (São Carlos, Art Pel); borracha e plástico (Cardinalli, Incoplas); metalurgia (Engemasa); produtos de metal, exclusive máquinas e equipamentos (Imart Marrara, Eduardo Fusi, Raco); máquinas e equipamentos (Tecumseh, Electrolux, Latina, Prominas, Hece, Siltomac); máquinas, aparelhos e materiais elétricos (Tecnomotor, Equitron); equipamentos de instrumentação (Bio Art, Digmotor, Opto Eletrônica); veículos automotores, reboques e carrocerias (Volkswagen); móveis e indústrias diversas (AW Faber Castell); comércio de veículos (Aufi, Discar); comércio atacadista (Profarma, De Santis); comércio varejista (Supermercado Jaú Serve, Magazine Luiza); alojamento e alimentação (Hamb’s); transportes (TZO, Coopertransc); atividades associativas (Coop. Transp. Com. Aut. Cargas São Carlos do Estado de São Paulo) e atividades recreativas (NET). Parte da produção local é destinada à exportação, como máquinas e equipamentos; têxteis; máquinas, aparelhos e materiais elétricos; equipamentos de instrumentação; fabricação e montagem de veículos automotores, reboques e carrocerias; madeira e indústrias diversas.

 
O setor terciário (comércio e serviços) tem expressão regional, absorvendo amplo contingente de trabalhadores, e é fortemente alavancado pelo dinamismo do setor industrial e pelas universidades e centros de pesquisa instalados. Além de um shopping amplo e moderno – o Iguatemi São Carlos, instalado uma área de 70 mil m2, com 77 lojas, três cinemas, área de lazer, praça de alimentação, estacionamento para 2.500 carros e duas lojas âncora (Hipermercado Extra e Casas Pernambucanas) –, São Carlos possui cinco centros comerciais e cerca de 3.700 estabelecimentos comerciais. Por sua vez, o funcionamento de 24 agências bancárias, 21 hotéis (alguns com salas para convenções), 16 agências de viagem, sete locadoras de veículos e 18 auditórios/anfiteatros é um indicativo da importância desses segmentos empresariais, com uma forte vocação para o desenvolvimento das atividades voltadas para diversas modalidades de turismo.

Há na cidade 21,7 terminais telefônicos para cada grupo de 100 habitantes, além de serviço de telefonia celular móvel. Existem diversas retransmissoras de televisão: Globo, SBT, Record, Gazeta, Rede TV, TV Club (Bandeirantes), Rede Vida, Rede Família e TV Universitária da Fundação Theodoreto Souto, com um retransmissor cada. Os provedores de acesso à Internet são:Terra, Linkway, IG, UOL e AOL.

Serviços especializados de saúde são oferecidos pelas seguintes unidades: Santa Casa de São Carlos (ressonância magnética nuclear, tomografia, hemoterapia e quimioterapia); Casa de Saúde Maricondi Santini Brandão (ressonância magnética nuclear, tomografia, medicina nuclear e cintilografia); Centro de Medicina Nuclear Maricondi Santini Brandão; e Pró-Visão Hospital de Olhos (tratamento a laser – facectomia).

A cidade possui um condomínio residencial de alto padrão, com lotes de 400 m2 a 898 m2 e 200 residências construídas, além de dois conjuntos habitacionais populares, com mais de 500 unidades cada.

A rede geral de água atende a 96,2% da população e a de esgoto a 95,6%. Os serviços de coleta de lixo e transporte público são operados em regime de concessão.

São Carlos também é conhecida como a Cidade do Clima – no verão, quente e úmido e, no inverno, seco –, com uma temperatura anual média de 20ºC. Em recente Inventário Turístico realizado pela prefeitura, foram relacionados inúmeros atrativos turísticos naturais, incluindo-se trilhas, rios, cachoeiras e represas, o Bosque Santa Maria, o Jardim Público (um quarteirão de área verde no centro da cidade, antigo jardim particular do Palacete do Conde do Pinhal), a Estação Ecológica de São Carlos e dois Pesque-Pague (Paraíso e Encanto das Águas). Também existem um Horto Florestal, dois viveiros (um deles na Fundação Nacional do Meio Ambiente e o outro na Fazenda São José) e um mini-zoológico, com cerca de 600 animais (como o lobo-guará), no interior do Parque Ecológico Dr. Antonio Teixeira Vianna, próximo à Ufscar.

O município oferece, ainda, atrações histórico-culturais: os monumentos (Palacete Conde do Pinhal, Palacete Bento Carlos, Estação Ferroviária, Antigo Fórum e Cadeia Municipal, Câmara Municipal, Colégio São Carlos, Sede Social do São Carlos Clube), as fazendas centenárias, as igrejas (Santo Antônio, São Benedito, São Sebastião, Catedral São Carlos Borromeo, Aparecidinha da Babilônia), os sítios científicos (CDCC – Centro de Divulgação Científica e Cultural e CDA – Centro de Divulgação da Astronomia), além de oito museus, entre eles o da Aviação, cinco bibliotecas e dois arquivos. Entre os clubes recreativos, destaca-se o São Carlos Club, de alto padrão, localizado na área urbana e com infra-estrutura para a prática de muitos esportes, como tênis, natação, futebol, basquete e vôlei.

São realizadas, na cidade, várias festas religiosas, populares, folclóricas e cívicas, além de festivais gastronômicos. As principais feiras são: a dos Artesãos Interativos de São Carlos – Faisca, todos os domingos; a Feira de Artesanato e Bordado, em novembro; e a Feira de Alta Tecnologia – Fealtec, em outubro. Ao longo do ano, são realizados também vários congressos, voltados principalmente à pesquisa científica em diferentes áreas do conhecimento.

Em relação às oportunidades de negócios, conforme a Revista Exame, São Carlos ocupou, em 2001, a 35ª posição entre as melhores cidades para se fazer negócios no Brasil. Atividades vinculadas ao setor aeronáutico apresentam forte tendência de crescimento no município. A metal-mecânica e a eletro-eletrônica, por seu grau de complementaridade e tecnologia, atraem novas empresas industriais, comerciais e de serviços. Também são oferecidos estímulos a fabricantes de softwares de alta qualidade, visando consolidar a formação do cluster São Carlos de Alta Tecnologia. Por outro lado, são inúmeras as oportunidades na área de turismo, tanto em razão das instituições de pesquisa e ensino superior presentes, que estimulam um fluxo intenso de alunos, professores e pesquisadores no município, como do competitivo e diversificado complexo Industrial, que movimenta elevado contingente de clientes e fornecedores de todas regiões do país e do exterior. Cabe destacar, ainda, as possibilidades de explorar outras atrações turísticas, como visitas às fazendas históricas e aos espaços arquitetônicos e culturais, e a intensificação da prática do ecoturismo.

A Prefeitura de São Carlos pode alienar, mediante concorrência pública, lotes remanescentes do Centro Empresarial de Alta Tecnologia de São Carlos, para as empresas que pretendam implantar ou ampliar investimentos, agilizando a liberação da escritura definitiva, caso seja necessário, para financiamento de capital de giro. Quanto ao IPTU, o valor do metro quadrado de terreno, para cálculo do valor venal, é o quarto mais barato entre os 35 existentes em São Carlos. As empresas instaladas também podem dispor gratuitamente dos serviços de intermediação, do Balcão de Empregos e do Posto de Atendimento ao Trabalhador – PAT, no encaminhamento de profissionais qualificados para seleção e contratação.

 
Foto: Prefeitura de São Carlos
Fontes consultadas:
Fundação SEADE • Investimentos.SP - 2008